Tema: Lista de Convidados

 

Um dos assuntos mais importantes e difíceis de decidir quando se começa a pensar em organizar um casamento é a lista dos convidados, pois é através dela que vamos definir o estilo do casamento, o local a ser escolhido, número de convites, tudo isso para se chegar ao orçamento total.

O mais indicado para começar a montar a sua lista é começar por grupos. Isso mesmo! Esses grupos podem ser divididos da seguinte maneira: Família, amigos íntimos, colegas de trabalho, enfim, da forma que desejar e de acordo com o tipo de cerimônia que escolheu, pois quanto mais reservada, mais restritos serão estes nichos.

Uma dica importante e que muitos esquecem causando toda essa indecisão:

Procure pensar em cada pessoa desse grupo, se essa pessoa faz parte da sua história, se ela conhece a história do casal e é realmente uma pessoa próxima. Pois é válido salientar, que em seu grande dia devem estar presentes todos os que realmente importam.

Feito isso, some todos esses grupos com a lista de convidados dos Pais dos noivos, que também é de suma importância. Assim, você chegará em um número real de pessoas a serem convidadas, podendo partir para o próximo passo que é a escolha do local onde acontecerá a Cerimônia e a festa, escolha de buffet e tudo o que depende da tão seleta lista de convidados.

Mas se no momento em que você começa a cotar os orçamentos percebe que está ultrapassando o valor esperado, e terá de fazer alguns cortes na lista, o que fazer?

Não se engane achando que o adequado seria fazer uma “peneira” desta grande lista, tirando um pouco de cada grupo. Pois o ideal, sensato e educado a se fazer é excluir um grupo por inteiro! Desta maneira, além de você se adequar ao orçamento, garante também que não haverá chance de gerar desconforto ou mágoas por alguém do mesmo grupo ter sido convidado e a outra pessoa não. Desta forma, ficará mais fácil de explicar que ninguém do trabalho foi convidado ou ninguém da academia foi convidado por exemplo, o que diga-se de passagem é bem mais confortável do que uma verdadeira “torta de climão” em todos os seus grupos de convivência.

Uma outra dica muito importante é que nesta lista sempre conste o primeiro nome e o contato do convidado, seja ele o celular ou o e-mail. Isso é fundamental para que você envie o “save the date” ou para que até mesmo o Cerimonialista envie um contato solicitando que o convidado atualize o endereço para o envio do convite físico, no caso de envio pelo correio.

Nessa mesma lista você vai indicando como deve se reportar a esse convidado e como será o pronome de tratamento do convite.

Por exemplo:

Sr e Srª

Aos queridos

Aos amigos

Essas variadas formas de tratamento oscilam de acordo com o grau de intimidade e formalidade que os noivos tenham com o convidado. Por isso é fundamental ter um cerimonialista, pois é ele quem irá te orientar com sugestões e soluções para esse tipo de situação. Esta lista deve ter o maior número de contatos possíveis, para que o RSVP possa ser feito da maneira mais ágil possível.

Lembre-se sempre que em geral uma lista tem normalmente 20% de convidados faltantes e 60% de falta daqueles que moram em outra cidade, isso fatalmente demonstra a importância do RSVP (confirmação de presença) feita pelo Cerimonialista.

Por fim, chega-se a conclusão de que a lista de convidados pode ser um pouco complicada ao ser elaborada, porém é um quesito essencial e determinante, que serve de fundamento e alicerce quando se trata da organização do casamento, pois define o restante de todas as outras escolhas e passos a seguir.

Espero que essas dicas tenham sido valiosas para você que está nessa fase inicial e divisora de águas que é a escolha dos convidados. Portanto, siga as dicas e boa sorte!